5 Dicas Para Aproveitar o Seu 13º da Melhor Forma Possível

Já pensou o que fazer com a renda extra de fim de ano? Que tal ter ganhos, limpar seu nome e ainda zerar seu cartão a partir desse dinheiro extra

Por: Da Redação em 04/12/2018
5 Dicas Para Aproveitar o Seu 13º da Melhor Forma Possível

Você que aturou o chefe o ano todo, engoliu inúmeros sapos para ter seu salário no fim do mês, nada mais justo que agora faze-lo trabalhar para você.

Primeiro devemos entender nossas necessidades e redefinir nosso uso do dinheiro. Afinal, trabalhamos tanto para ter direito ao 13º salário que devemos pensar melhor no seu uso.

Pensando em você, criamos algumas dicas para te ajudar a fechar o ano com chave de ouro e entrar 2019 com o pé direito, uma taça na mão e dinheiro na conta.

1- Definir prioridades

Sempre temos desejos de consumo, vontade de adquirir algo e acabamos vendo o 13º como a chance de chegar mais perto do objetivo, certo? ERRADO! O 13º deve ser uma forma de por a “casa em ordem”, de equilibrar as contas, pagar os cartões e dívidas.

Por mais tentador que pareça, você deve ao menos tentar resistir as tentações de consumo para poder equilibrar ou ao menos reduzir as atuais dividas

2- Planejamento de natal

Por mais que tenhamos um objetivo máximo de poupar e equilibrar as contas, devemos entender que o 13º vem junto com as festas de fim de ano, ou seja, mais gastos!

Devemos então planejar uma parte do 13º para podermos aproveitar o fim de ano. Veja as melhores formas de se recolocar no mercado de trabalho, acesse: Quero minha recolocação no mercado de trabalho

Lembre-se:

  • Família
  • Trabalho
  • Festas
  • Confraternizações

3- Cartão de crédito pode ser seu melhor amigo

Já pensou em usar o 13º para pagar aquele juros que todo mês da uma “mordida” no seu salário? Que tal fazer as pazes com seu cartão de crédito e quitar tudo, mesmo que isso custe uma natal mais magro. Pense na liberdade de entrar 2019 sem dívidas.

4- Lembre-se do começo do ano

Todo ano a mesma coisa, as pessoas não planejam certo, gastam o 13º rápido e se esquecem das despesas de começo de ano. Escola dos filhos, IPVA, IPTU, entre outras.

A ideia é segurar o salario para quitar tudo de uma vez e ganhar um desconto sobre as “mordidas” que o governo faz.

5- Preveja o imprevisto

Não seja pego de “calça na mão”, sempre tenha um fundo de reserva, mesmo que pequeno, para possíveis imprevistos. Problema com veículo, doença na família, qualquer tipo de gastos adicionais não previstos anteriormente e que são urgentes.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*