Banco digital: tudo o que você precisa saber

Por: Da Redação em 09/02/2021

Deixe as burocracias e taxas excessivas de lado. Com o advento das contas digitais, o tempo gasto para ir a uma agência solucionar os mínimos problemas é coisa do passado. Lembra-se daquelas tarifas exorbitantes na “cesta básica de serviços”? Então, também já estão fora de moda.

Não à toa, os bancos digitais já representam quase 20% das contas criadas no Brasil, conforme apontou levantamento conduzido pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).

Abaixo, vamos lhe mostrar um comparativo para você deixar de estar atrelado ao modus operandi burocrático das instituições tradicionais. Venha pro mundo digital!

O que é banco digital?

Banco Digital ou fintech – termo que surgiu da união das palavras financial e technology – é o nome dado às instituições financeiras que têm sua operação baseada em canais online, através de web ou smartphones, sem precisar recorrer às agências físicas para movimentar as contas.

Ou seja, da criação da conta à movimentação financeira, praticamente tudo o que o cliente necessita fazer poderá ser feito virtualmente. Como praticamente não possui estrutura física, como agências espalhadas por todo o país, seu custo de operação diminui. Por conta disso, oferecem muitos serviços gratuitos aos seus clientes.

Quais serviços o banco digital oferece?

Os bancos digitais ganharam a popularidade por, basicamente, fazerem os mesmos serviços que uma instituição comum faz: você pode sacar (em caixas 24 horas, basicamente), fazer investimentos, ter um cartão de crédito e fazer transferências. Porém, o grande benefício está em fazer boa parte dessas operações de forma gratuita.

É seguro?

Não bastaria vir aqui e falar que, sim, são seguros. É preciso que você entenda que os bancos digitais possuem dois pilares para deixar seus clientes seguros: evolução tecnológica e proteção de órgãos governamentais.

Para conseguir ganhar mercado, o banco digital sempre esteve à frente quando o assunto foi inovação tecnológica. Só assim conseguiriam captar clientes. Ou seja, sempre oferecem os métodos mais avançados de acesso, autenticação e utilização dos meios de movimentação da conta, que vão muito além da senha tradicional.

Para além, é preciso destacar que a maioria é protegida pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC), associação sem fins lucrativos que administra um mecanismo de proteção a correntistas.

Quais são os melhores bancos digitais?

Isso vai do perfil do cliente, pois cada banco oferece um benefício ou atrativo em relação ao outro. Porém, vamos listar os cinco mais populares:

Nubank

Criado em 2013, em São Paulo, o Nubank oferecia, de início, apenas a opção de cartão de crédito sem anuidade. Porém, depois obteve autorização para criar a NuConta. Recentemente, o roxinho lançou a modalidade de conta PJ, a qual funciona com todas as funções da NuConta, exceto como cartão de débito, para as pessoas jurídicas.

Banco Inter

Antigo Intermedium, nome com o qual foi criado em 1994, o Banco Inter transformou-se em digital e já é um dos mais populares do país, pois possui praticamente todas as suas tarifas gratuitas, além de oferecer uma grande capilaridade de serviços.

Banco Next

Next é a conta digital do Banco Bradesco, sendo uma das poucas criadas por bancos tradicionais. Por isso, você tem inúmeros benefícios, como de bancos comuns, além de poder fazer saques sem cobrança de tarifas em qualquer caixa eletrônico do Bradesco.

Banco Original

Foi o primeiro a oferecer uma conta 100% digital com a disponibilidade de um cartão múltiplo (débito e crédito). Não à toa, é um dos mais populares do país.

Banco Neon

O Neon é outro dos bancos mais populares do país, oferecendo inclusive um programa próprio de benefícios, o Neon+.

Qual banco digital rende mais?

Atualmente, entre todas as alternativas, é o Nubank, através da plataforma “Resgate Planejado”. Com ela os usuários do roxinho poderão escolher uma data específica para resgatar um dinheiro que deixaram guardados. Essa grana vai render de acordo com o período escolhido para retirar o valor, podendo chegar até 118% do CDI.

Quais bancos digitais oferecem serviço para PJ e empresas?

Atualmente, são seis. Todos oferecem praticamente as mesmas funcionalidades de suas contas digitais para pessoas físicas. São eles:

  • Inter
  • Nubank
  • Agibank
  • C6 Bank
  • Neon
  • Original

Comparativo de taxas e serviços de bancos digitais

Como base de comparação, vamos usar os bancos anteriormente listados. Todos não cobram mensalidade de manutenção de conta.

Banco Inter

  • Saque: Ilimitado e Gratuito
  • DOC/TED: Ilimitado e Gratuito
  • Transferência: Ilimitado e Gratuito

Next

  • Saque: Ilimitado e Gratuito
  • DOC/TED: Ilimitado e Gratuito
  • Transferência (Next + Bradesco): Ilimitado e Gratuito

Neon

  • Saque: R$ 6,90 após o primeiro saque do mês
  • DOC/TED: Ilimitado e Gratuito
  • Transferência: Ilimitado e Gratuito

Banco Original

  • Saque: 4 saques em conta-corrente/mês (Banco24Horas), após isso R$ 1,90;
  • DOC/TED: R$ 8,90
  • Transferência: 2 gratuitas por mês, após isso R$ 0,70

Nubank

  • Saque: R$ 6,50
  • DOC/TED: Isento
  • Transferência: Isento
Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*