Calendário Bolsa Família 2021: Veja Datas de Pagamento, Valor e Como se Inscrever

Governo Federal confirmou que Bolsa Família em 2021 terá reajuste e divulgou o calendário de pagamentos este ano; confira.

Por: Wallace Graciano em 19/01/2021

O Governo Federal divulgou o calendário de pagamentos para o Bolsa Família no ano de 2021. Segundo o Ministério da Cidadania e a Caixa Econômica Federal, neste ano o benefício social seguirá a metodologia de 2020.

Com este padrão determinado, o dinheiro cairá na conta sempre na última quinzena de cada mês. 

Ainda de acordo com o Ministério da Cidadania, algumas mudanças deverão acontecer no Bolsa Família em 2021.

Porém, apesar de anunciadas que ocorrerão pelo ministro Onyx Lorenzoni e pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, essas novidades ainda não foram trazidas à público.

A maior expectativa, entretanto, está no aumento no valor do tíquete médio pago pelo governo, que hoje é de cerca de R$ 190 mensais. Vale lembrar que o Bolsa Família beneficia atualmente mais de 14 milhões de famílias e o seu pagamento já começou.

Confira abaixo a programação para as próximas parcelas.

Veja o Calendário do Bolsa Família em 2021

Final do NIS Dia e Mês do pagamento 2021

1 18/01 11/02 18/03 16/04 18/05 17/06 19/07 18/08 17/09 18/10 17/11 10/12

2 19/01 12/02 19/03 19/04 19/05 18/06 20/07 19/08 20/09 19/10 18/11 13/12

3 20/01 17/02 22/03 20/04 20/05 21/06 21/07 20/08 21/09 20/10 19/11 14/12

4 21/01 18/02 23/03 22/04 21/05 22/06 22/07 23/08 22/09 21/10 22/11 15/12

5 22/01 19/02 24/03 23/04 24/05 23/06 23/07 24/08 23/09 22/10 23/11 16/12

6 25/01 22/02 25/03 26/04 25/05 24/06 26/07 25/08 24/09 25/10 24/11 17/12

7 26/01 23/02 26/03 27/04 26/05 25/06 27/07 26/08 27/09 26/10 25/11 20/12

8 27/01 24/02 29/03 28/04 27/05 28/06 28/07 27/08 28/09 27/10 26/11 21/12

9 28/01 25/02 30/03 29/04 28/05 29/06 29/07 30/08 29/09 28/10 29/11 22/12

0 29/01 26/02 31/03 30/04 31/05 30/06 30/07 31/08 30/09 29/10 30/11 23/12

Como se Inscrever no Bolsa Família

Quem deseja se cadastrar no Bolsa Família deverá procurar o responsável pelo cadastramento de seu município, uma vez que o cadastramento do programa de renda básica é feito na esfera municipal, que depois é compartilhado com o Governo Gederal.

Normalmente, essa questão é resolvida pelos Centros de Referência da Assistência Social (Cras). 

Porém, a inscrição não garante a entrada no Bolsa Família. Além de analisar se a família se adequa às condições necessárias para cadastramento no programa, o sistema leva em conta a quantidade de famílias atendidas no município e o limite orçamentário destinado ao Bolsa Família.

Quais Critérios Para Participar do Bolsa Família? 

Para ingressar no Bolsa Família, o chefe da família deve comprovar:

  • Renda por pessoa de até R$ 89,01 mensais;
  • Renda por pessoa entre R$ 89,01 e R$ 178,00 mensais, desde que tenham crianças ou adolescentes de 0 a 17 anos.

De acordo com o Cidadania, o número de contemplados varia todos os meses de acordo com os processos de inclusão, exclusão e manutenção de famílias, e o “processo de concessão é impessoal e realizado por meio de sistema automatizado que obedece ao teto de verbas orçamentárias destinadas ao programa.” Diz em nota

São ainda critérios para permanecer no programa:

  • Manter em dia o cartão de vacinação das crianças de 0 a 7 anos;
  • Acompanhamento da saúde de mulheres na faixa de 14 a 44 anos;
  • Garantir frequência mínima de 85% na escola, para crianças e adolescentes de 6 a 15 anos, e de 75%, para adolescentes de 16 e 17 anos;
  • No caso de existência de gestantes, o comparecimento às consultas de pré-natal, conforme calendário preconizado pelo Ministério da Saúde (MS);
  • Participação em atividades educativas ofertadas pelo MS sobre aleitamento materno e alimentação saudável, no caso de inclusão de nutrizes (mães que amamentam).

Quando o Bolsa Família é Cancelado?

O Governo afirma que todos os cancelamentos estão relacionados aos procedimentos rotineiros de averiguação e revisão cadastrais. Além é claro, da fiscalização das rendas familiares e desligamentos voluntários.

O descumprimento das condições para participar do Bolsa Família resulta em cancelamento imediato para os cadastrados.

Qual é o Valor do Bolsa Família em 2021?

Haverá um aumento do valor pago às 14 milhões de famílias que receberão o Bolsa Família em 2021. O valor médio este ano é de R$ 190,57. Para as famílias que recebiam um auxílio emergencial inicial, a quantia mínima é de R$ 400.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*