DMCard Lança Conta Digital e o Cartão DMCard Mastercard; Saiba Tudo Sobre Eles

Nova DMConta chega ao mercado logo após o anúncio do cartão DMCard Mastercard e empresa se prepara para oferecer empréstimos pessoais.

Por: Wallace Graciano em 14/01/2021

Mais uma grande opção chega ao mercado financeiro para facilitar o dia a dia do consumidor: a DMConta, a conta digital da DMCard, que pode ter aplicativo baixado em iOS e Google Play para abertura de conta e uso. 

A nova alternativa amplia o catálogo de serviços financeiros oferecidos pela companhia, que atuou 18 anos como administradora de cartões de crédito private label, segmento em que ainda é líder de mercado tupiniquim.

Porém, as novidades não param por aí. Abaixo, listamos todas elas. Vem conosco!

DMCard Mastercard 

A DM Card, famosa emissora dos cartões de crédito dos Supermercados BH, também está lançando seu primeiro cartão de crédito bandeirado, o DMCard Mastercard, tem o ano de 2020 como um marco de sua transição para uma instituição financeira, já como um dos mais importantes players desse setor.

Assim como o private label e o DMCard Mastercard, a DMConta também tem como posicionamento atender às necessidades das classes com menor poder aquisitivo, reforçando um dos principais valores da empresa, que é a inclusão financeira e digital dessa parcela da população.

“Há anos, o nosso cartão de loja tem sido a porta de entrada para muitas pessoas aos serviços financeiros, um público que não tem conta em banco ou um cartão de crédito bandeirado e que compõem cerda uma boa parte de nossa base de clientes”, conta Maurício Meneghetti,  Gerente de Produtos da DMCard.

Meneghetti também explica porque a companhia continua trabalhando para esse perfil de público.

“Nessa transição da DMCard para se tornar uma grande instituição financeira, assumimos como estratégia absorver esse mesmo público a manter o propósito da inclusão. Estamos cada vez mais nos especializando a atender às necessidades desses consumidores e, inclusive, para desenvolver nossa estratégia, estamos sendo acompanhados pelo instituto Locomotiva, um dos mais importantes do país em pesquisar e entender o comportamento desse público”, completou.

Como Posso Abrir Minha DMConta?

Para abrir sua DMConta basta baixar o aplicativo, disponível nas principais lojas (iOS e Google Play) e oferecer os dados e documentos solicitados, de forma simples, tal qual o mercado de fintechs oferece e cativou o público.

Logo após baixar o aplicativo da DMConta e ter seu cadastro aprovado, o cliente já consegue movimentar seu dinheiro imediatamente com depósitos e transferências para outras contas por meio de TED.

Além disso, a financeira conta com diversas novas soluções em desenvolvimento que estarão embarcadas na conta digital, inclusive serviços que estão sendo criados especialmente para o PIX.

Próximo Passo Será Oferecer o Empréstimo Pessoal

O lançamento da DMConta é um primeiro passo para os preparativos para o serviço de empréstimo pessoal.

“Estamos criando uma linha de crédito com um formato totalmente diferente do que o mercado oferece, não apenas por meio da conta digital, mas também com outras soluções de acesso simplificado e desenvolvidas exclusivamente para o nosso perfil de consumidor”, explica o executivo.

A novidade será disponibilizada junto com uma série de outros serviços financeiros que já nascem conectados ao Pix. E isso traz uma enorme vantagem à DMCard frente a concorrência.

“Já estamos monitorando há algum tempo todas as dificuldades, além das principais dúvidas e inseguranças dos usuários, no uso dessa ferramenta. E, assim, estamos preparando uma interface e navegabilidade para derrubar todas elas. Nossos novos produtos financeiros já nascerão antecipando como será a relação das pessoas com o dinheiro e a tecnologia no futuro”.

Aceleração do Crescimento Em 2021

Há 18 anos a DMCard tem conquistado um crescimento contínuo e acentuado. Nos últimos sete anos, esse incremento alcança uma média de 30% ao mês, sempre superando seu próprio recorde.

E foi exatamente o aconteceu no primeiro semestre de 2020 que, mesmo com a pandemia, a companhia conseguiu ultrapassar pela primeira vez a marca de R$ 1 bilhão movimentados nos cartões já nos primeiros seis meses do ano.

“Esses resultados só foram possíveis graças ao nosso foco no público que atendemos. E é exatamente por mantermos esse propósito com as classes C, D e E é que nossas expectativas para o próximo ano com todas as novas soluções e atuando definitivamente como uma instituição financeira são bastante promissoras”, conclui Meneguetti.

2 Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*