Como pedir empréstimo para negativado?

Embora o crédito seja mais restrito, é sim possível solicitar um empréstimo estando com o nome sujo

Publicidade
Como pedir empréstimo para negativado?
Alison Pitangueira
Alison Pitangueira

Com a crise financeira agravada pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o número de pessoas que passa por dificuldades para pagar as contas tem aumentado a cada dia. Na mesma proporção, aumenta também o interesse dos consumidores por linhas de crédito e empréstimo pessoal para negativados.

Aproximadamente 60 milhões de brasileiros já possuíam nome negativado antes mesmo da situação atual, ou seja, cerca de 30% da população economicamente ativa do país. Sendo assim, muitos se perguntam: é possível conseguir empréstimo pessoal para negativados? A resposta é: sim, é possível!

Quer saber mais? Como saber se o nome está negativado? Como fazer para conseguir um empréstimo, sem a tradicional consulta aos órgãos de proteção ao crédito, como o SPC ou a Serasa? Como fazer um empréstimo online, confiável e rápido? Continue por aqui! Na sequência, responderemos a estas e outras dúvidas sobre o assunto! Acompanhe!

O que é estar negativado?

Ter o nome negativado ou sujo significa que a pessoa está inadimplente, ou seja, o consumidor não pagou determinada dívida, e por isso seu nome foi incluído no cadastro dos órgãos de proteção ao crédito, como Serasa, SPC ou SCPC. Tendo uma restrição no CPF, o consumidor perde diversas opções de crédito no mercado, embora ainda existam instituições que disponibilizem crédito para quem está nesta situação (como veremos mais a frente).

Isso ocorre porque um dos critérios utilizados pelas instituições financeiras na análise de crédito para obter cartões, empréstimos e financiamentos é o cadastro nesses órgãos. Assim, ao identificar que o solicitante possui o nome negativado, nestes casos, o pedido será recusado.

Qualquer dívida vencida que não tenha sido paga pode levar um cidadão a ter o nome negativado. As mais comuns são empréstimos financeiros, dívidas vencidas em geral (água, energia, telefone, entre outras), cheques sem fundo, carnês de lojas, cartão de crédito, título protestado, ação judicial e impostos não pagos.

Vale lembrar que as empresas são obrigadas por lei a informar o cliente sobre as dívidas pendentes e propor acordos antes de negativar seu CPF. Para manter o nome limpo, é necessário pagar as contas em dia e, principalmente, ter controle financeiro para não gastar mais do que se tem e não deixar dívidas pendentes.

Como consultar o CPF?

O Serasa e o Radar Pessoal da Boa Vista disponibilizam sites onde é possível consultar gratuitamente o status de um nome. Basta fazer um cadastro simples e pronto. Já para consultar um nome no SPC é possível acessar pelo site ou ir a algum posto de atendimento do órgão, mas ambos os serviços são pagos. Estes são os três órgãos de proteção ao crédito mais utilizados no Brasil.

Como funciona o empréstimo para negativado?

Ter o nome negativado ou sujo significa que o seu CPF está registrado emórgãos de proteção ao crédito. As informações contidas nessas empresas de restrição de crédito são disponibilizadas para lojas e bancos, com a finalidade de evitar prejuízo ao prestarem serviços ou oferecerem produtos para consumidores com alto risco de inadimplência.

Ter o nome negativado torna mais difícil fazer compras em parcelas, conseguir financiamentos e, principalmente, pegar empréstimo no banco. Apesar de ser difícil conseguir um empréstimo quando você está com o nome sujo, isso não é uma tarefa impossível.

Há várias formas que te possibilitam de conseguir um empréstimo, como veremos a seguir:

Você sabe qual é o melhor cartão para você?

Saiba mais

Empréstimo pessoal para negativados

O empréstimo pessoal é um tipo de crédito oferecido com pouca burocracia, uma vez que não há uma finalidade específica e nem pré-requisitos. Esta modalidade pode ser utilizada da forma que o solicitante deseja, seja para fazer uma viagem, comprar mobílias para casa, fazer pagamento de dívidas, entre outros.

Algumas instituições financeiras oferecem empréstimo pessoal ainda que o solicitante seja negativado. Ter o CPF incluído na lista de órgãos de proteção ao crédito faz com que a instituição financeira entenda como um risco maior de inadimplência por parte do solicitante. Por conta disso, a aprovação do empréstimo pode ser mais difícil e a taxa de juros um pouco maior.

Ainda que você seja negativado, as instituições bancárias que oferecem empréstimo pessoal para negativados vão fazer análise de crédito. Ou seja, enquanto alguns bancos automaticamente reprovam quem tem o nome sujo, outros fazem uma análise da capacidade de pagamento atual para determinar a aprovação do crédito.

Atenção: antes de assinar o contrato, você deve verificar todos os custos do empréstimo, principalmente as taxas de juros. Sempre preste atenção ao valor do CET (custo efetivo total). O empréstimo pessoal destinado para negativados é conhecido por ter a taxa de juros elevada, por conta do alto risco de inadimplência sofrido pela empresa.

Empréstimo consignado para negativados

Outra opção para negativados é o empréstimo consignado desde que se enquadrem como aposentados, pensionistas do INSS, servidor público ou empregados de carteira assinada em empresas com convênio com instituições bancárias. O empréstimo consignado pode ser solicitado por qualquer um que esteja sob essas condições, até mesmo quem está com o nome sujo.

No empréstimo consignado o pagamento é descontado da folha de pagamento ou diretamente do benefício dos aposentados ou pensionistas. Por isso, esse tipo de empréstimo tem juros mais baixos quando comparado com o empréstimo pessoal para negativados. Afinal, os bancos e financeiras tem maior garantia do pagamento do empréstimo.

Atualmente, as regras do empréstimo consignado mudaram, e para melhor. As taxas de juros cobradas tornaram-se ainda mais baixas, sendo, sem dúvidas, a forma de conseguir dinheiro rápida e fácil mais barata do mercado. Outra inovação feita pela Caixa Econômica é que o FGTS (Fundo de Garantia de Tempo de Serviço) poderá ser utilizado para o pagamento do empréstimo consignado. Isso diminui o risco de não pagamento do trabalhador ao banco, na hipótese de ele ficar desempregado. Por isso, a liberação do empréstimo consignado será mais fácil para funcionários, uma vez que o banco levará em conta também a quantia do FGTS em sua conta.

A pontuação Score influencia na aprovação do empréstimo para quem está com o nome sujo?

Sim. O score avalia seu histórico como um pagador e não apenas um momento específico da sua história de crédito. Por isso, negativações, mesmo que passadas, podem afetar o seu score de crédito. Assim, o score de quem nunca ficou negativado normalmente é mais alto do que alguém que já passou por isso.

Apesar disso, o score é um sistema dinâmico. E, pagar as contas no prazo e manter o nome limpo, já começa a ajudar na melhora da pontuação de seu score.

Conclusão

Seja para quitar uma dívida ou ficar longe das listas de proteção ao crédito, o importante é que você tenha controle sobre as finanças e saiba que suas contas, realmente, cabem no orçamento.