Como escolher uma conta digital: tudo o que você precisa saber para tomar a melhor decisão

Saiba o que levar em consideração para escolher a conta digital perfeita para o o seu perfil

Por: Graziely Rammos em 08/04/2021
como escolher uma conta digital

Não dá para negar que a conta digital já é parte do nosso cotidiano e muitas pessoas estão migrando para ela. Com tantas opções, no entanto, acaba sendo difícil escolher uma que te atenda, não é mesmo?

Para te ajudar nessa escolha, veja neste artigo o que deve ser levado em consideração para se escolher, com segurança, a melhor conta digital. Depois da leitura, ficará muito mais fácil escolher uma para chamar de sua. 

Como escolher uma conta digital: o que você precisa saber antes de tudo

Antes de mais nada, você precisa entender que as contas digitais surgiram com o propósito de inovação

Não é à toa que, em 2017, o setor financeiro investiu pesado em tecnologia: um total de R$ 19,5 bilhões de acordo com a Febraban.

O valor representa um crescimento de 5% comparado ao ano anterior.

Neste período, algumas opções de conta digital já existiam e outras começaram a surgir. 

As contas digitais traziam benefícios muito superiores ao que tradicionalmente é oferecido pelas instituições, tais como:

  • Custos reduzidos;
  • Atendimento dinâmico e menos burocrático e 
  • Autonomia para o cliente gerenciar e movimentar o próprio dinheiro.

Tudo isso fez grande diferença para o público que há tempos estava cansado do modelo tradicional das instituições financeiras. 

Vamos falar a verdade, quem é que aguenta perder um dia inteiro no banco para resolver algo simples? Mesmo que a intenção seja abrir a conta, você teria que passar algumas horas na agência.

Por isso, é natural que a conta digital seja uma das primeiras opções aos brasileiros no momento. 

Você até pode manter a sua conta corrente em um grande banco tradicional, mas é possível que ele tenha uma opção digital para te oferecer. 

Conta digital: entenda o seu funcionamento para escolher a melhor 

É importante saber o funcionamento das contas para ter uma noção do que te espera ao escolher uma opção. 

No primeiro contato do usuário com a uma conta digital, ele vai notar que a tecnologia está sempre presente. 

Por se tratar de um serviço digital, o suporte tecnológico precisa fazer parte dessa experiência. Aliás, esse é um dos motivos que torna possível essa modalidade ter custos acessíveis e te livrar das taxas. 

Normalmente, as contas digitais não possuem estruturas físicas, como uma agência, o que reduz custos.

O atendimento não demanda contato humano, você consegue tirar dúvidas e resolver pendências por chat, por exemplo. 

Não há a cobrança de taxas de manutenção, aquela mensalidade que você paga ao banco para usar um pacote de serviços. Mas é possível que alguns serviços tenham taxas, falaremos sobre isso mais para frente. 

De modo geral, as contas digitais oferecem tudo que uma instituição tradicional trabalha:

  • Transferências;
  • Saques; 
  • Depósitos; 
  • Pagamentos de contas e
  • Até um pouco mais. 

A diferença é que os serviços são digitais, ou seja, feitos por um aplicativo ou site. E claro, de maneira muito mais simples e menos burocrática do que nas agências bancárias. 

São precisos poucos cliques e minutos para realizar um transferência por TED, por exemplo. Algo que você faz deitado em sua cama se desejar. 

A melhor conta digital

A melhor conta digital é aquela que consegue atender plenamente às suas necessidades. Isso significa que a melhor conta digital para um estudante universitário pode não ser a mesma para um assalariado. Por isso, é fundamental ter clareza de quais são as suas demandas bem como entender os recursos e os benefícios oferecidos em cada uma das contas digitais disponíveis.

Dessa forma, você conseguirá avaliar se aquela alternativa atende suas demandas e tem um bom serviço. Embora muitos usuários foquem no fato das contas serem gratuitas, há outros benefícios que chamam atenção. 

Experiência do usuário

Atualmente é impossível oferecer um serviço sem pensar na experiência do público e como ele pode ser beneficiado. Tanto que um dos fatores de maior atenção para as contas digitais é, justamente, a experiência. 

Uma conta digital traz ao correntista todas as funcionalidades bancárias para o celular. Com nossa rotina cada dia mais intensa e corrida, isso já faz uma diferença enorme no relacionamento com o banco. 

Por meio de aplicativos funcionais, o usuário pode administrar a conta e ter controle das movimentações de forma eficiente. 

Até mesmo poupar dinheiro, que não é um hábito tão presente no dia a dia do brasileiro, fica simples dessa forma. 

Existem contas que organizam as suas economias por objetivos, mostrando o quanto é necessário guardar mensalmente para alcançá-lo. 

Aliás, o dinheiro nas contas digitais costuma ter excelentes rendimentos, superior aos ganhos da poupança. 

Isso torna a experiência completa, mas, principalmente, acessível.

Facilidade nos processos

No tópico anterior você pode ver que é simples utilizar os serviços oferecidos em uma conta digital. Isso não se limita apenas a transferências e pagamentos, mas engloba diversos outros aspectos. 

Imagine que você trocou de emprego e precisa abrir uma conta corrente em outro banco para fazer a portabilidade de salário. Para resolver isso, será necessário ir até a agência e enfrentar filas para falar com o gerente. 

Com as contas digitais, você faz isso de onde estiver, só precisa ter um smartphone com acesso à Internet. 

O relacionamento com o banco também é digital. Basicamente, você não tem qualquer tipo de contato com atendentes além da interface dos aplicativos. 

A abertura de novas contas ou a portabilidade de salário é feita por você através do app, com orientações da própria ferramenta. Neste caso, você tem autonomia para realizar processos que, normalmente, são feitos de forma presencial. 

E não é só para a abertura das contas que isso acontece. Qualquer problema ou dúvida que tiver sobre a conta digital, pode falar com um atendente pelos canais presentes no app.

Ter uma conta digital significa que você não irá mais perder um dia de trabalho e enfrentar filas intermináveis para resolver um problema.

Redução de taxas

As taxas não são inexistentes em uma conta digital, mas elas são bem menores comparadas aos bancos tradicionais. 

Por não precisarem manter uma estrutura física como as instituições tradicionais, o lado digital tem ampla redução de custos. Isso é repassado aos clientes como benefícios, já que as taxas se tornam um fator competitivo. 

Aqui entra a relação de custo-benefício, já que não existe, por exemplo, a cobrança recorrente para manutenção da conta. 

Muitas opções livram o cliente deste pagamento, sendo gratuitas. As contas que cobram mensalidade tem valor acessível. 

Normalmente, a cobrança é feita em alguns serviços, como saques e transferências, também com valor reduzido. Sobre as taxas, você entenderá melhor no tópico a seguir. 

Custos na ponta do lápis….

Como mencionado, é possível que haja cobrança de taxas nas contas digitais. Entretanto, ela ocorre de forma competitiva se comparada aos bancos tradicionais. 

Esse é um fator que você deve analisar na hora de escolher uma conta digital. Há opções que não cobram mensalidade, outras sim, como informado. Também há diferentes valores em cima dos serviços prestados. 

O saque no Nubank , por exemplo, é de R$ 6,50, sendo a única tarifa cobrada. Porém, no Neon custa R$ 6,90 por operação e você tem direito a uma gratuita no mês.

Cada instituição tem sua relação de tarifas e limites. Em um o valor pode ser mais baixo, mas não há um limite para gratuidade. 

Antes de fazer sua escolha, é fundamental, saber: 

  • Qual o seu fluxo de movimentação bancária e
  • Quais são as tarifas e limites de cada conta digital. 

Qual a melhor opção para mim?

A escolha da conta é algo bastante pessoal, visto que ela precisa atender às suas demandas de forma satisfatória. 

A melhor forma de fazer escolha é realizar uma análise do seu perfil e, também, conhecer o que cada opção tem para oferecer, quais são as vantagens e desvantagens. 

Para não ter erro, sempre avalie os pontos a seguir. 

  • Aplicativo funcional: a ferramenta precisa ter interface intuitiva e fácil de utilizar já que as operações serão feitas através dela; 
  • Atendimento: a instituição deve oferecer um atendimento satisfatório que atenda a suas necessidades. Manter mais de um canal de chat é um bom indicativo;
  • Serviços adicionais: é comum que as contas digitais ofereçam parcerias como fator competitivo. Também conta com serviços extras como cashback, empréstimos, recarga para celular e diversos outros;
  • Opções de pagamento: talvez a função que mais utilizamos em uma conta é as de pagamentos, por isso vale estudar o que ela oferece. Veja se é possível fazer cadastro de débito automático, pagar contas diversas, como impostos.

Desta forma, a melhor alternativa é aquela que oferece o que você precisa e um pouco mais. 

Vale também conhecer a experiência de outras pessoas com a conta, se é positiva e quais os pontos desfavoráveis. A opinião de quem já é cliente é um fator relevante ao escolher uma conta digital. Afinal, ele pode avaliar com propriedade a alternativa. 

Ficou com alguma dúvida? Escreva pra gente aqui nos comentários e conte com o Plusdin se precisar de ajuda no universo das contas bancárias.
Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*