O Que Será do Futuro do Brasileiro Com o Fim do Auxílio Emergencial? 

Entenda as mudanças que vão acontecer no mês de dezembro no Auxílio Emergencial.

Por: Da Redação em 14/12/2020 - 17h41

R$ 300 podem parecer uma ‘mixaria’, mas o valor liberado pelo governo federal durante certo período da pandemia do novo coronavírus foi fundamental para prover o sustento milhares de brasileiros.

Trabalhadores e famílias foram impactadas diretamente com o cenário de crise econômica e escassez deixada como ‘legado’ da Covid-19, e por conta disso estavam aptos a receber o Auxílio Emergencial do Governo.

O Auxílio Emergencial Vai Ser Prorrogado?

Neste mês de dezembro, os beneficiários do programa passaram a receber a última parcela do auxílio, que não deverá ser estendido para 2021 como já adiantou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). 

“Prorrogar o auxílio emergencial é o caminho certo para o insucesso”, declarou o chefe da nação recentemente. 

Então qual seria a alternativa do governo para seguir auxiliando essa grande parcela da população que precisou recorrer ao programa? 

O Bolsa Família Vai Substituir o Auxílio Emergencial? 

O cenário de incertezas para 2021 fará, definitivamente, com que várias pessoas continuem dependendo de ajuda governamental para proverem sustento.

E é nesse ponto que o Bolsa Família pode ganhar uma repaginação.

Vale lembrar que, recentemente, uma pesquisa do DataFolha mostrou que a popularidade de Jair Bolsonaro se mantém no melhor nível no Brasil (37%) mesmo com o agravamento da pandemia do novo coronavírus.

Grande parte desse sucesso do chefe de estado se deve também aos benefícios concedidos por seu governo. O Bolsa Família é uma dessas plataformas. 

De acordo com pesquisa do Itaú-Unibanco, o governo poderia dobrar o pagamento do Bolsa Família se cortasse alguns gastos e fizesse ajustes em outros programas considerados ineficientes neste momento.

A projeção aponta para um montante de R$ 34 bilhões com essas medidas, o que favorece diretamente 19 milhões de famílias com um valor mensal de R$ 300. E detalhe. Tudo isso sem aumento de impostos. 

Para 2021, o governo já estima em seu orçamento esse valor de R$ 34 bilhões, um aumento de 18% no que foi previsto pelo governo ao Bolsa Família deste ano (R$ 29,5 milhões).

Uma das alternativas de corte de gastos apresentadas pelo Itaú-Unibanco é polêmica. A privatização de seis estatais federais, iniciativa que geraria R$ 3,8 bilhões de impacto direto no Tesouro. O gasto do governo com essas empresas é de R$ 18 bilhões por ano. 

Para turbinar o Bolsa Família, o governo trabalha com outras possibilidades de acréscimo ao programa, como o auxílio creche mensal de R$ 52, além do bônus anual de melhor aluno de R$ 200, e também outro aumento com fins acadêmicos, como uma bolsa mensal de R$ 100,00 e mais uma bolsa de estudos anuais em ciências e tecnologia de R$ 1.000,00. 

Qual é o Calendário de Pagamento do Auxílio Emergencial? 

  • 14 de dezembro (segunda-feira) – Inscritos via app, site e CadÚnico nascidos no mês de março receberão o pagamento do ciclo 6 //  Beneficiários do Bolsa Família NIS final 3 receberão a nona parcela de R$ 300. 

 

  • 15 de dezembro (terça-feira) – Beneficiários do Bolsa Família NIS final 4 receberão a nona parcela de R$ 300. 

 

  • 16 de dezembro (quarta-feira) – Cadastrados via aplicativo, site e CadÚnico nascidos no mês de abril receberão o pagamento do ciclo 6 // Beneficiários do Bolsa Família NIS final 5 receberão a nona parcela de R$ 300. 

 

  • 17 de dezembro (quinta-feira) – Cadastrados via aplicativo, site e CadÚnico nascidos no mês de maio receberão o pagamento do ciclo 6 // Beneficiários do Bolsa Família NIS final 6 receberão a nona parcela de R$ 300. 

 

  • 18 de dezembro (sexta-feira) – Cadastrados via aplicativo, site e CadÚnico nascidos no mês de junho receberão o pagamento do ciclo 6 // Beneficiários do Bolsa Família NIS final 7 receberão a nona parcela de R$ 300. 

 

  • 19 de dezembro (sábado) – Cadastrados via aplicativo, site e CadÚnico nascidos no mês de janeiro e fevereiro terão o saque liberado do ciclo 5 e ciclo 6. 

 

  • 20 de dezembro (domingo) – Cadastrados via aplicativo, site e CadÚnico nascidos no mês de julho e agosto receberão o pagamento do ciclo 6. 

Observação: somente os inscritos nascidos em janeiro e fevereiro vão poder sacar este ano. Os demais beneficiários vão poder realizar o saque do valor do auxílio emergencial no próximo ano, referentes ao ciclo cinco e seis. Esses são os aprovados entre o quinto e o sete lotes. 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*