Fiquei Fora do FIES, o Que Faço?

Saiba todas as modalidades que existem no mercado para financiar os seus estudos!

Por: Eveline Miranda em 24/07/2019 - 20h00

Você não conseguiu ter acesso ao FIES para ter financiamento dos seus estudos?
Saiba que existem outras opções ao invés de desistir do seu futuro.
Muitas pessoas não sabem, mas procurar uma financeira privada pode ser mais vantajoso para você.
Não sabe como começar? Continue lendo e garanta os seus estudos.
Clique aqui para você conhecer tudo sobre o FIES.

O que Fazer?

Existem inúmeros motivos que podem te fazer buscar o financiamento estudantil privado:

  • Não foi aprovado por causa da reformulação;
  • Não preencheu os pré-requisitos básicos;

Se bagunçou para pagar alguma mensalidade da faculdade.
A busca por empréstimos em bancos ou financeiras tem crescido ao longo do tempo.
Decidir por esta opção é bom por ser mais acessível e com maior chance de aprovação.
Mas você deve ficar atento em duas coisas: avaliar se o seu cenário futuro dará condições de pagar com as parcelas acordadas, e saber se as condições propostas do financiamento estudantil cabem no seu orçamento mensal.

Quais são as Opções de Financiamento Estudantil no Mercado?

Fora o FIES, os dois créditos estudantis mais renomados do mercado atualmente são PraValer e do Bradesco.
O PraValer é a gestora de crédito que possui o Banco Itaú entre os seus acionistas.
Com ele você consegue solicitar o seu financiamento com todas as instituições credenciadas junto ao programa.
Dependendo da faculdade que você decidir estudar, é possível conseguir o crédito sem cobrança de juros!
Isso acontece porque algumas instituições subsidiam o valor do financiamento.
Já em outros casos, os juros variam de acordo com a simulação feita na hora da contratação e das condições financeiras do usuário.
Uma vantagem: não é necessário ter conta em banco! Tudo pode ser feito online e ainda possui a possibilidade de financiar o valor integral do curso que você quer fazer na faculdade.
Com essa modalidade, você estudante pode financiar 100% do valor da mensalidade a vencer do semestre atual.
Sempre que mudar o semestre, você pode recontratar o valor total das mensalidades.

Você também consegue adicionar duas mensalidades atrasadas para o financiamento.
O tempo utilizado para pagamento, e o valor das parcelas mudam de acordo com o valor da mensalidade do curso e condições disponível para crédito.
Existem algumas faculdades que você consegue pagar até 2,2 vezes o tempo do curso.
No Bradesco, é necessário que o cliente tenha mais de 18 anos e/ou ter um responsável legal, além de ser cliente do banco.
Para conseguir a aprovação do financiamento, a universidade escolhida tem que ser conveniada ao banco e os juros mudam de acordo com as instituições, a forma de pagamento e condições financeiras do estudante.
Para o banco, o estudante deve pagar em 12 meses o valor do semestre do custo. Será debitado automaticamente da conta.
O banco Santander também decidiu entrar para este mercado com financiamento para pós graduação e MBA.
Claro, tudo isto está sujeito a análise de crédito!

Além do Financiamento Estudantil

Existem outras opções de empréstimo que financiam os seus estudos que não seja financiamento estudantil.
Empréstimo com garantia de imóvel é uma dessas outras alternativas.
Este tipo de empréstimo permite que você solicite um valor alto, por meio de taxas pequenas, já que você colocar o seu imóvel como garantia de pagamento.
Para saber outros tipos de empréstimos existentes clique neste artigo.

Agora que você sabe todas as modalidades que existem no mercado para financiar os seus estudos, corra e escolha a melhor para a sua vida, e o seu bolso!
Você já sabe qual profissão seguir? Conheça as 5 profissões do futuro.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*