Os Principais Impedimentos Financeiros que o Estrangeiro Sofre no Brasil

Enviar dinheiro para a família e abrir uma empresa são alguns dos maiores empecilhos para essas pessoas no país

Por: Ariane Terrinha em 08/08/2020

 

Uma das coisas mais importantes para uma pessoa fora do seu país é encontrar estabilidade financeira para se sustentar, mas nem sempre isso é possível. No últimos anos, centenas de imigrantes chegaram ao Brasil para começar uma nova vida, mas ao contrário do que vemos nos filmes, ser estrangeiro em um país não é tão romantizado como imaginávamos.

Dentre os principais impedimentos que estes estrangeiros encontram no Brasil estão os financeiros. Principalmente nas operações básicas, como um empréstimo, abertura de CNPJ e o envio de dinheiro para sua família no exterior.

Nesse post vamos te falar mais a respeito das dificuldades monetárias que os imigrantes enfrentam na chegada ao nosso país e como devem fazer para solucionar cada uma delas.

Empréstimo Para Estrangeiros

No Brasil, o empréstimo para estrangeiros é mais fácil quando o imigrante já tem um relacionamento com uma instituição financeira, como uma conta corrente ou cartão de crédito, por exemplo.

Outro fator fundamental é um emprego formal, o que dará mais segurança para o banco emprestar dinheiro para o estrangeiro.

Por fim, seu empréstimo só é liberado após a entrega dos seguintes documentos atualizados,que comprovam principalmente sua regularidade no país e moradia:

  • CPF
  • Comprovante de residência
  • Comprovante de renda
  • Visto
  • RNE original e atualizado

Sou Estrangeiro, Onde consigo Empréstimo?

Se você já tem todos os documentos listados acima, recomendamos que abra uma conta corrente em um desses bancos abaixo e movimente-a com pagamentos, transferências e saques durante algum tempo.

Assim que desenvolver um relacionamento com o banco, entre em contato com a plataforma do banco para solicitar sua linha de crédito pessoal.

  • PagBank
  • Banco do Brasil
  • Geru

Abrir uma empresa

Para abrir um CNPJ sendo estrangeiro no Brasil, o processo é praticamente o mesmo que os brasileiros residentes passam. Porém, a liberação de crédito, é um pouco mais rigorosa com a documentação, principalmente à comprovação de residência fixa no país e documentos nacionais.

Além disso, o estrangeiro obrigatoriamente deve ter o Cadastro de Pessoa Física ⟮CPF) expedido no país, e um visto permanente para a maioria dos países. Confira os documentos:

  • Fotocópia autenticada do RNE
  • Documento de identidade emitido por uma autoridade brasileira
  • CPF
  • Visto Permanente

Facilidades do Mercosul

A abertura de empresa para estrangeiros no Brasil pode ser facilitada para um pequeno grupo, os nacionalizados em países pertencentes ao Mercosul.

Argentina, Uruguai, Paraguai e Venezuela são os principais países que estão sujeitos a uma maior agilidade no processo de emissão do CNPJ. Os indivíduos naturais desses países com o visto a partir de dois anos ⟮não é obrigatório ser visto permanente) poderão exercer atividade empresarial na condição de empresários, titulares, sócios ou administradores de sociedades ou cooperativas.

Para estrangeiros que não fazem parte do Mercosul, o empresário apenas poderá ser um sócio investidor, mas não administrador.

Trabalhar em um aplicativo

Muitos trabalhadores chegam ao Brasil e procuram renda informal para se sustentar, como aplicativos de transporte ou entregas, dentre Uber, Rappi, iFood, etc.

No Brasil, nativos e estrangeiros são obrigados a tirar uma CNH nacional com EAR – Exerce Atividade Remunerada – para trabalhar nesses apps. Mesmo que você já tenha carteira no seu país, ela não é válida para trabalho aqui, e você deve passar pela auto escola e exame de direção brasileiros para ter a sua em mãos.

Se preferir, também é possível trabalhar no Uber Eats e bicicleta, assim economiza dinheiro da carteira de motorista.

Uma informação útil nesse caso é sobre a plataforma 99, que ajuda o estrangeiro ter aulas de português no Instituto Adus de reintegração para refugiados, além qualificação profissional e ações culturais.

Veja aqui os principais aplicativos para se inspirar!

Enviar dinheiro para família

A maioria dos imigrantes têm parentes no seu país natal, e muitas vezes tiram parte do seu sustento no Brasil para enviar para esposas, filhos e pais que ainda residem na outra nação. Mas como fazer isso da melhor maneira possível?

Você não precisa mais pagar altas taxas e enfrentar burocracia para enviar dinheiro a outro país. Veja as opções mais fáceis que separamos para você.

Remessa Online

A partir do momento que o estrangeiro já possui CPF, documento de identificação pessoal e comprovante de residência válidos já pode enviar dinheiro pela fintech especializada em transferências internacionais, que inclusive conta com atendimento especializado em diversos idiomas.

TransferWise

Sendo uma das maneiras de enviar dinheiro mais baratas da nossa realidade, com a TransferWise o indivíduo não faz uma transferência internacional, mas envi seu dinheiro para a empresa no próprio país, e ela se encarrega de transferir para a conta destino do exterior.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*