Planejamento financeiro: o que é, como fazer, por onde começar

Ter planejamento financeiro. Essa deveria ser a meta das pessoas que desejam realizar seus sonhos. Você quer realizar o seu?

Por: Keila Baraçal em 08/04/2021
Planejamento financeiro: um passo importante para você alcançar objetivos e sonhos

Quem aqui chega no fim do mês, ou às vezes nem chega, já desesperado porque o dinheiro acabou? Pois é. Administrar dinheiro não é uma tarefa fácil, ainda mais com os malabarismos dos boletos, né?

Mas a gente está aqui para te ajudar a lidar com essa situação. Apesar de parecer um conceito muito amplo, o planejamento financeiro é um grande diferencial e divide as pessoas que conseguem ter uma vida financeira saudável, daquelas que passam perrengue todo santo mês 

Sabemos que não é fácil cuidar da nossa grana, ainda mais em tempos de pandemia, não é mesmo? Temos um artigo sobre finanças em momento de crise, é só clicar aqui. 

Mas continuando, iniciar o seu planejamento financeiro neste exato momento, irá te dar resultados o quanto antes. 

O que é o planejamento financeiro?

De forma básica, planejamento financeiro é organizar como você gasta e investe seu dinheiro, pensando em objetivos, planos e futuro. A grande questão é como iniciar o planejamento financeiro em nossas vidas. Existem diversas ferramentas e conceitos que podem te ajudar nessa empreitada. 

É na hora de aplicar na prática tudo que foi aprendido que está a dificuldade de alguns. Por falta de hábito, fica complicado manter uma disciplina e rotina de boas práticas financeiras. 

O planejamento financeiro não é somente uma planilha que logo fica abandonada no seu computador ou celular. Ele deve ser um estilo de vida para que você atinja o sucesso. 

Como fazer um planejamento financeiro?

Não existe uma forma única de fazer o seu planejamento financeiro. Por ser um universo muito amplo, o seu método de planejar poderá ser diferente do de outra pessoa e isso não é um problema. O importante no final é manter as contas em dia e não passar nenhum tipo de sufoco.

O ideal é você escolher as ferramentas que você vai se dar bem no dia a dia, assim como os principais conceitos que te agradam. Também faz parte do planejamento financeiro descobrir o seu perfil de investidor. Assim, você consegue escolher os melhores investimentos indicados para você, mas vamos falar mais sobre isso adiante.

Com os conhecimentos adquiridos selecionados e com uma rotina inicial estabelecida, é hora de colocar em prática e colher os resultados. 

Mas por onde começar o planejamento financeiro? 

Como falamos acima, o universo do planejamento financeiro é muito grande. O primeiro passo antes de iniciar essa jornada é estudar bastante. Existem muitos materiais disponíveis e você pode aprender de acordo com o seu tempo disponível. Mas é preciso se dedicar. 

Por isso, a primeira dica para começar o seu planejamento financeiro é separar um tempo para estudar, seja os conceitos das finanças ou ferramentas disponíveis no mercado. Tendo esse tempo livre, aí é hora de começar. 

Aprendendo sobre planejamento financeiro

As ferramentas que podem te ajudar nessa empreitada. 

Vídeos. Atualmente, muitas pessoas adquirem conhecimento sobre os mais variados assuntos em canais de YouTube. Essa é uma forma bem prática para aprender sobre planejamento financeiro.

Algumas dicas de canais para você procurar por lá é o do O Primo Rico, Me Poupe!, Blog de Valor, Clube do Valor (é outro, tá?) e o Mão de Vaca Profissional. Além de dicas para suas finanças pessoais, você também pode aprender mais sobre os investimentos. 

Livros. Se você prefere e consegue ter um tempinho a mais para os estudos, os livros são seus grandes aliados. O mercado editorial está repleto de livros sobre economia e finanças, dos mais variados tipos.

Clicando aqui você confere uma lista dos melhores livros para estudar educação financeira. Dentre os principais que não podem ficar de fora estão o Pai Rico, Pai Pobre; O Homem Mais Rico da Babilônia e Os Segredos da Mente Milionária.

Se você não é muito apegado à leitura, talvez seja o momento de tentar. Nesses livros e em tantos outros, você vai encontrar aprendizados riquíssimos, que vão te ajudar a ficar riquíssimo também.

Cursos. Não poderia faltar aqui algumas indicações sobre os cursos que você pode fazer para aprender mais sobre planejamento financeiro. Tudo bem que os vídeos no YouTube funcionam quase como uma aula, mas os cursos também podem oferecer aprendizados bem específicos de forma mais aprofundada.

A plataforma de educação da Bolsa de Valores, a B3, é recheada de cursos. Por lá, você encontra o curso de Como Organizar Suas Finanças, Como Fazer seu Planejamento Financeiro e Como Economizar para Investir. Na FGV também existem cursos gratuitos voltados para essa área. 

A melhor forma de aprender a fazer o seu planejamento financeiro, é mesclar essas três formas de aprendizado no seu dia a dia.

Planejamento financeiro requer investimento

E como você se torna um investidor? Estudando sobre o mercado e como ele funciona, além de descobrir qual é o seu perfil de investidor. Assim, você pode ser mais assertivo sobre onde investir a sua grana. São três perfis:

Conservador. Nesse caso, são pessoas que não querem correr nenhum risco ou baixo risco ao investir o dinheiro. Os lucros são mais moderados em razão disso. Investimentos de Renda Fixa, CDB e títulos públicos se encaixam para o perfil conservador. 

Moderado. Disposto a correr um certo risco em suas aplicações, buscando uma rentabilidade maior. Fundos multimercados e até algumas ações são indicadas para esse perfil. 

Agressivo. Risco é aqui mesmo. Uma galera disposta a arriscar para ter uma rentabilidade muito maior. Aqui, as aplicações de renda variável são maioria, como as ações, por exemplo. 

Planejamento financeiro em apps

Após estudar e começar a aplicar os conceitos de planejamento financeiro na sua rotina, é importante ter uma organização de tudo que acontece com o seu dinheiro. 

Para isso, invista em apps que podem te ajudar a planejar melhor o uso da sua grana. Assim, você pode visualizar e ter mais noção de como agir perante os resultados. 

Existem muitos apps disponíveis que podem te ajudar nisso. Clicando aqui você confere nosso guia sobre os melhores apps para organizar as suas finanças. Dentre eles, existe o GuiaBolso, Olivia e Mobills, por exemplo. 

Seja investidor do seu planejamento financeiro

O mais importante em tudo isso que falamos é você acreditar que consegue mudar sua rotina e estudar sobre o que vai mudar a sua vida daqui em diante. Muitas pessoas descobrem que seus ganhos possuem muito potencial, só o que faltava era organização na carteira. 

Invista tempo, conhecimento e até dinheiro – de maneira inteligente, é claro, para alcançar resultados satisfatórios na sua vida financeira. 

(Redação: Pamela Gaudio)

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*