Por que devo ter uma reserva financeira?

Por: Da Redação em 09/02/2021 - 18h46

Quantas vezes na vida você queria ter um dinheiro guardado para suprir um gasto inesperado que apareceu de última hora e que irá comprometer por completo todo seu orçamento? Aposto que muitas. Afinal, até mesmo as pessoas mais prevenidas costumam passar por momentos críticos e de dificuldades financeiras.

Nesse contexto, uma reserva de financeira torna-se essencial, uma vez que é através dela que você conseguirá se precaver para conseguir lidar com muitas adversidades que vez ou outra aparecem em nossa vida.

Mas, você sabe o que é uma reserva financeira e os motivos pelo qual deve ter uma reserva financeira? Não?! Então, venha conosco, que vamos lhe mostrar a trilhar melhor esse caminho.

O que é uma reserva financeira?

A reserva financeira nada mais é do que todo aquele valor que está separado, poupado ou investido (com possibilidade de resgate automático, que fique claro!) e que você pode utilizá-lo quando houver uma emergência de última hora.

É preciso não confundi-la com investimentos que só serão resgatados a médio e longo prazo, pois aí estamos falando de outro assunto e que temos um conteúdo especial aqui no Plusdin.

Ou seja, você só irá utilizá-lo quando precisar cobrir despesas que antes não estavam previstas no orçamento financeiro e são urgentes, podendo comprometer por completo seu orçamento outrora estipulado.

Em linhas gerais, a reserva financeira é feita para garantir estabilidade e flexibilidade financeira, principalmente nos momentos mais complicados, em que uma adversidade aparece.

Por que ter uma reserva financeira?

Quantas vezes uma adversidade apareceu na sua vida? Não podemos contar com o imponderável, acreditando que nada vai nos acontecer e basta seguir determinados passos para alcançar um objetivo.

Mesmo que você seja um investidor, é importante ter essa reserva financeira em mãos, já que ela possibilitará que você tenha equilíbrio para superar esses momentos mais difíceis. Ou seja, a reserva financeira é um dinheiro poupado para ser gasto em caráter urgente, que não pode ser evitado e que, assim, você não irá comprometer o orçamento pessoal.

Quando utilizar a reserva financeira?

Na urgência, basicamente. Ou seja, sabe aquele produto em promoção inadiável ou viagem que você deseja fazer com o valor poupado? Adie! A reserva financeira deve ser feita para você conseguir suprir toda e qualquer adversidade, e não para ser gasta com lazer ou aumento do padrão de vida.

Para isso, você deve ter outra finalidade, como uma poupança específica. Então, antes de tudo, pergunte se essa despesa é algo inesperado. Se for urgente e não pode ser adiada, então a reserva financeira pode entrar em ação para cobrir os gastos.

Caso deseja alcançar uma meta a longo prazo ou adquirir um bem, tenha uma poupança ou investimento de resgate programado para tal. Porém, nunca misture a reserva financeira nesse caminho.

Como planejar uma reserva financeira?

Para ter uma reserva financeira é necessário ter conhecimento do próprio orçamento e quais custos poderão ser cortados para serem destinados a esse fim. Abaixo seguem alguns passos:

  • Organização financeira: é preciso estimar o próprio custo médio mensal, sabendo quanto você pode ou não gastar.
  • Corte de custos: evite gastos supérfluos. Ao economizar, destine esse valor excedente para sua reserva financeira.
  • Deixe as dívidas para trás: isso só poderá ser feito quando suas dívidas forem equacionadas. Por isso, procure quitá-las e evite que elas tragam juros e encargos para você. Só assim, conseguirá poupar.

Se você seguir esse caminho, com certeza terá uma vida financeira mais confortável.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*