Receita Federal receberá débitos e tributos pela PIX

Por: Da Redação em 09/02/2021

O PIX veio para revolucionar as transações financeira e mais uma novidade poderá facilitar ainda mais seu dia a dia. A partir de agora, você poderá pagar seus débitos e tributos com o Fisco através da plataforma instantânea do Banco Central. Em parceria com o Banco do Brasil, a Receita Federal está adaptando o recolhimento de tributos à nova tecnologia.

Sabe o Documento de Arrecadação de Receitas Federais (Darf), aquele boleto emitido quando você precisa acertar um tributo ou pagar alguma inscrição em concurso federal ou algo do tipo. Pois bem, ele passará a ter um QR Code que permitirá o pagamento via PIX. Bastará ao contribuinte abrir o aplicativo do banco, ativar o PIX e apontar o celular para o código, que será lido pela câmera do celular. Pronto!

Por enquanto, a novidade só está disponível para as empresas obrigadas a entregar a Declaração de Débitos e de Créditos Tributários Federais, Previdenciários e de Outras Entidades e Fundos (DCTFWeb). A Receita, no entanto, estenderá o PIX para outros tipos de empregadores, conforme explicou o Fisco.

O que mais está por vir?

Em recente painel no Money Week, o chefe-adjunto do Departamento de Competição e Estrutura do Mercado Financeiro do Banco Central, Carlos Eduardo Brandt respectivamente, explicou as novidades que estão por vir para o sistema a partir do ano que vem.

A primeira (que virá) é o Saque PIX, que vai permitir ao usuário retirar dinheiro físico no comércio, junto com sua compra. É uma conveniência para o consumidor e é interessante para o estabelecimento comercial, porque reduz o custo com gestão e segurança do numerário. Esse estabelecimento vai acumular menos dinheiro físico ao longo do dia, o que o deixa menos suscetível a assaltos e diminui a necessidade de contratar transporte para esse dinheiro, por exemplo” [Carlos Eduardo Brandt | Chefe-adjunto do Departamento de Competição e Estrutura do Mercado Financeiro do Banco Central]

Pagamento até offline

Ainda segundo Brandt, o PIX, no futuro, poderá ser feito até por quem está offline.

Outras funcionalidades muito interessantes são o QR Code Offline, que vai permitir que uma pessoa inicie um pagamento mesmo sem estar conectada à internet. O recebedor inicia e roteia a operação, o que é importante porque às vezes o consumidor não tem planos de dados ou por algum motivo não está conectado” [Carlos Eduardo Brandt | Chefe-adjunto do Departamento de Competição e Estrutura do Mercado Financeiro do Banco Central]

PIX Garantido

Outra tecnologia que está por vir é o PIX Garantido, que dará garantia da instituição financeira usada pelo pagador.

Teremos também o PIX Garantido, que é uma associação do PIX Agendado com a garantia de recebimento, a garantia de que o recebedor vai receber o valor na data acordada mesmo que o pagador não tenha o dinheiro em conta ou cancele a operação, e essa garantia é dada pela instituição financeira usada pelo pagador para fazer a operação” [Carlos Eduardo Brandt | Chefe-adjunto do Departamento de Competição e Estrutura do Mercado Financeiro do Banco Central]

O que é o PIX?

Em síntese, o PIX é um sistema de pagamentos e transferências instantâneo, ou seja, as movimentações acontecem em tempo real. Sua grande diferença está na agilidade da transação.

Enquanto existem datas e horários específicos para fazer TED e DOC, o PIX permite que as operações sejam feitas 24h por dia, nos sete dias da semana. Isso mesmo, até mesmo no sábado, domingo e feriados você poderá pagar sua conta, amigo ou familiar.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*