Tarifas de contas digitais: tudo o que você precisa saber

Por: Graziely Rammos em 07/04/2021
Tarifas bancárias

Você sabia que, muitas vezes, gastamos mais de R$ 200 por ano com tarifas bancárias nas instituições tradicionais? Esse cenário mudou bastante desde o surgimento das contas digitais, que se tornaram uma saída para se livrar das taxas.

As contas digitais, normalmente, são isentas de cobranças como mensalidade e tarifas em alguns serviços. Descubra neste artigo como isso é possível e quais contas oferecem gratuidade.

Entenda as tarifas de contas digitais

Tarifas bancárias são um valor cobrado aos clientes por parte das instituições financeiras. Elas são usadas para serviços oferecidos pelos bancos, como a impressão de extratos, por exemplo.

As principais tarifas são:

  • Emissão de talões de cheque;
  • Emissão de uma nova via de cartão;
  • Anuidade do cartão de crédito e
  • Saques.

Esse tipo de cobrança é extremamente comum em contas tradicionais e se tornou um fator diferencial para as digitais.

Um levantamento feito pelo Ibope mostrou que 49% dos correntistas não têm noção de quanto paga ao banco em tarifas.

A relação do cliente com o banco fica estremecida por conta das cobranças. Sem saber quanto paga em cada serviço, o cliente se sente inibido em realizar movimentações na conta.

Desta forma, as tarifas bancárias acabam sendo um impedimento para o cliente ter total aproveitamento da conta corrente.

Esse cenário mudou com a chegada das contas digitais, já que boa parte delas não cobra tarifas dos correntistas.

E o melhor: quando existe a cobrança, o valor é reduzido e mais acessível se comparado a instituições tradicionais.

Tarifas bancárias x mensalidade

Nos bancos tradicionais, um valor é descontado todos os meses para a manutenção da conta. Por ser uma cobrança recorrente, muitas pessoas encaram como uma tarifa bancária.

A verdade é que a mensalidade das contas não é uma tarifa, visto que é usada para cobrir um pacote de serviços. As contas possuem perfis específicos, como a universitária, por exemplo, e alguns serviços são destinados a esse grupo.

Desta forma, a cobrança de mensalidade é de acordo com o perfil da conta, apresentando valores distintos em cada instituição.

Pegando o exemplo da conta universitária, normalmente, ela é isenta da cobrança mensal pelas características do público.

Em geral, o pacote inclui um limite de serviços por mês que o cliente pode utilizar sem ter cobranças extras. Quando o correntista usa um serviço além desse limite, ele é cobrado individualmente por ele, neste caso, paga uma tarifa.

A taxa de manutenção não é algo que as contas digitais trabalham. Normalmente, esse formato isenta a cobrança, tornando a conta gratuita. O mesmo vale para alguns dos serviços prestados.

Uma saída sem tarifas

As contas digitais trouxeram uma nova realidade aos serviços bancários através da tecnologia e desburocratização.

Uma das características principais dessa modalidade é a redução de taxas e, muitas vezes, a isenção destas.

Essas instituições têm menos cobrança para os clientes, o que entra como algo muito vantajoso e atrativo. Não é à toa que as contas digitais se popularizam em larga escala.

É válido lembrar que a cobrança de tarifas bancárias existe no mundo das contas digitais. Por isso, continue a leitura para conhecer aquelas que cobram tarifas e quais são isentas.

Contas digitais que cobram tarifas

Como já mencionado, algumas contas digitais possuem tarifas bancárias em alguns serviços. A diferença para os bancos tradicionais é que, na maioria dos casos, os valores são reduzidos.

Em resumo: a cobrança não é abusiva.

Mas, é claro, você deve estar se perguntando quais contas cobram tarifas. A seguir, você irá conhecê-las.

Nubank

O famoso roxinho está na lista das contas digitais que cobram tarifas bancárias em alguns serviços.

Com seu cartão de crédito sem anuidade e a NuConta que não cobra mensalidade, a única tarifa é a de saque.

A cada saque realizado será cobrado o valor de R$ 6,50. Essa é a única tarifa cobrada pela instituição até o momento.

Neon

O Neon é um pouco mais democrático na hora das cobranças, tendo a opção de uma transferência e saque sem custo por mês.

Entre contas Neon o serviço não é cobrado, além de ilimitado. A tarifa bancária no valor de R$ 6,90 serve apenas para transferências para outros instituições. A primeira operação não tem custo.

O mesmo vale para os saques, cobrados a partir do segundo efetuado no mês também no valor de R$ 6,90.

Agibank

Outra alternativa de conta digital com cobrança de tarifa bancária é o Agibank. A instituição permite operações com limites mensais sem custo para transferências, saques e emissão de boletos.

Ao ultrapassar a quantidade, você terá que pagar tarifas bancárias, mas em valores acessíveis. Confira a relação de tarifas e limites:

  • Até 4 saques por mês, a partir do 5º é cobrado o valor de R$ 6,49 cada;
  • Até 4 TEDs para outras instituições por mês, cobrado o valor de R$ 4,90 a partir do 5º;
  • Emissão e liquidação de até 4 boletos por mês, porém o banco não informa a tarifa extra ao exceder o limite;
  • Tarifa de R$ 9,99 para segunda via de cartões em caso de perda, roubo ou furto.

Os demais serviços como Pix, transferências entre contas Agibank e pagamentos de boletos são isentos.

PagBank

O PagBank não possui taxas para manutenção da conta ou anuidade em seu cartão de crédito, mas cobra em outros serviços.

As tarifas bancárias são em cima dos saques com custo de R$ 7,50 cada. Caso o correntista faça a portabilidade de salário ou aplicações em CDB, ele tem direito a 2 saques sem custo por mês.

Superdigital

A conta digital do Santander oferece um saque ou transferência para outros bancos por mês sem custo. As tarifas bancárias são para serviços como emissão de extrato e boletos, confira a relação de custos:

  • Emissão de salda e extratos na rede Banco24Horas: R$ 2,00 cada;
  • Saques em terminais nacionais e fora do Santander: R$ 6,40 cada;
  • Saques internacionais em terminais da Rede Cirrus: R$ 19,90 cada;
  • Transferências para outras instituições: R$ 5,90 cada;
  • Emissão de boletos: R$ 2,90 cada.

Os demais serviços oferecidos pela conta Superdigital são cobertos pelo plano de assinatura a partir de R$ 9,90.

Banco Pan

No Banco Pan você tem diversos serviços sem custo e alguns com tarifas bancárias.

Neste caso, a conta tem o limite de 30 operações mensais e, normalmente, os clientes nem chegam a excedê-lo. Mas, caso aconteça, é cobrado o valor de R$ 2 por saque.

A mesma lógica vale para transferências na modalidade TED a outras instituições e emissão de boletos para depósito. São 30 operações mensais em cada serviço e você só paga se ultrapassar o limite.

Contas digitais sem tarifa

Depois de conhecer as contas digitais que cobram tarifas, chegou a hora de te apresentar as opções livres de cobrança. Continue a leitura para conhecer as opções disponíveis.

Banco Original

No Banco Original você paga pela manutenção da conta digital, que entra como uma mensalidade. O valor é baixo comparado a bancos tradicionais e a instituição deixa bem claro os serviços garantidos pela taxa.

Ao mês você será cobrado em R$ 12,90 e tem direito a serviços ilimitados no período de um ano. Significa que pode realizar operações como saques, transferências e emissão de boletos sem qualquer tipo de custo.

Next

Subsidiado pelo Bradesco, a conta Next tem foco em um público jovem que o tradicional ainda não alcança.

É uma opção 100% digital e livre de tarifas bancárias, oferecendo o mesmo catálogo de serviços que o Bradesco.

Sendo assim, você pode fazer saques sem cobrança, depósitos e transferências ilimitados para contas Bradesco e Next. Também conta com cartão de crédito sem anuidade, além de recursos adicionais para investir.

Banco Inter

A conta digital do Banco Inter é uma das mais populares entre o público e cresce cada vez mais para atendê-los de forma qualitativa.

Essa opção é livre de tarifas bancárias e oferece diversos serviços atrativos, além das transações convencionais. No Banco Inter você terá direito a um cartão múltiplo para suas compras, empréstimos e até mesmo recarga para o celular.

Quem é empreendedor pode contar com a opção, já que o Inter possui modalidades de contas para PJ e MEI.

Sofisa

A conta digital Sofisa é mais uma opção que não cobra tarifas, sendo totalmente gratuita.

Desta forma, você pode fazer saques, transferências e outros serviços bancários sem custo. Além disso, a Sofisa oferece um cartão de crédito sem cobrança de anuidade e a possibilidade de investir seu dinheiro.

Em casos de emergência, há a opção de contratar empréstimo com condições atrativas e sem toda a burocracia dos bancos tradicionais.

Banco BMG

A conta digital do Banco BMG é mais uma das opções que não possuem tarifas bancárias envolvidas.

Com um pacote de serviços gratuitos, a conta oferece um serviço mais amplo do que o trabalhado pelo Banco Central.

Nesta opção você tem 4 saques, 2 transferências entre contas de outros bancos e 2 impressões de extrato por mês. A quantidade de operações é suficiente, visto que muitas vezes não utilizamos muito mais do que isso mensalmente.

Por que um banco digital não cobra tarifa?

A principal característica das contas digitais é a liberdade financeira entregue ao correntista. Nessas contas, a ausência de tarifas bancárias chama atenção, já que são uma dor de cabeça nos bancos tradicionais.

Isso só é possível porque os serviços são oferecidos com suporte tecnológico. Desta forma, há menos capital humano e estruturas físicas por trás das operações, o que permite uma redução de custos.

Você já deve ter reparado que as contas digitais não possuem agências físicas, não é? A ausência desse espaço significa que há menos custos para manter os serviços.

Da mesma forma, o cliente pode abrir a conta sem a ajuda de um atendente bancário, o que também implica em um custo a menos.

Tudo isso é repassado ao usuário em tecnologia: ele abre a conta por um aplicativo funcional, resolve pendências de forma prática e muito mais.

Com custos reduzidos, as contas digitais também podem oferecer serviços que não demandam o pagamento de taxas. Se você consegue realizar uma transferência sem pagar nada por isso, é graças ao modelo de negócio dessas instituições.

Ficou com alguma dúvida? Escreva pra gente aqui nos comentários e conte com o Plusdin se precisar de ajuda no universo das contas bancárias.

 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*