TED e DOC: como funciona cada tipo de transferência e qual escolher?

Por: Da Redação em 09/02/2021

Certamente alguma vez na vida você já se deparou com os termos TED e DOC ao fazer alguma transferência de dinheiro. Seja com um amigo ou familiar ou até mesmo no comércio, essas duas formas, até o momento, são as duas possíveis para quem deseja transferir algum valor para alguém.

Porém, sempre surgem perguntas sobre a diferença entre elas. Por isso, elaboramos um guia para você entender melhor cada uma delas e escolher quando precisar enviar dinheiro a um amigo.

Qual a diferença entre TED e DOC?

A principal diferença está que, no caso da Transferência Eletrônica Disponível (TED), o dinheiro cai no mesmo dia se realizado até às 17h, em até 90 minutos.. Essa variante também permite transferências maiores do que R$ 5.000, ao contrário do Documento de Ordem de Crédito (DOC), que tem valor máximo de R$ 4.999,99 e o dinheiro cai no outro dia.

Como funcionam as transferências TED e DOC?

Fazer uma transferência nada mais é do que mandar dinheiro de uma conta para outra, sem que você precise realizar saques, depósitos ou pagar um boleto. O dinheiro que sai da conta A e cai na conta B.

Essas transferências funcionam como uma espécie de ordem de pagamento e saem direto do depositante, são registradas e comunicadas ao banco de destino. Além das duas, há uma terceira alternativa a chamada TEF (Transferência Eletrônica Financeira), que é feita através de contas de um mesmo banco.

O que é preciso para realizar TED ou DOC?

Se você quiser fazer uma TED ou DOC, é preciso ter em mãos alguns dados de quem vai receber o dinheiro. São eles:

  • Nome completo;
  • CPF ou CNPJ de quem vai receber o dinheiro;
  • Valor a ser transferido;
  • Código do banco;
  • Tipo de conta (corrente ou poupança);
  • Dados bancários (agência e conta.

Obs: o código do banco é um número definido pelo Banco Central para cada instituição financeira. Você facilmente o encontra na internet. Porém, fique atento. Algumas instituições possuem registros diferentes, para cada uma de suas aplicações financeiras.

Fiz o TED ou DOC errado. E agora?

Não se preocupe. Caso algum dado esteja errado, o dinheiro retornará à sua conta e você deverá refazer a transferência.

O que é TED?

A Transferência Eletrônica Disponível (TED) foi criada em 2002 pelo Banco Central. Seu principal atributo é que o dinheiro cai no mesmo dia do depósito, tornando-se mais ágil em relação ao DOC. Vale lembrar que essa variante não possui valor mínimo.

O dinheiro transferido via TED demora até 90 minutos para ser creditado na conta do destinatário, se a transação for feita até as 17h (horário de Brasília),. Se a TED for realizada após às 17h, a transação só cai no próximo dia útil. Porém, alguns bancos nem permitem essa operação após esse horário.

O que é DOC?

DOC, por sua vez, significa Documento de Ordem de Crédito. Ela também não possui um valor mínimo, mas tem um limite máximo, de R$ 4.999,99 por operação — qualquer quantia acima disso deve ser feita como TED.

Mais antiga, o DOC é mais comum devido às taxas ligeiramente mais acessíveis em relação à TED, apesar de só ser finalizado no próximo dia útil da transação – isso se a transação for realizada pelo usuário até às 22h.

Quais são as taxas para TED e DOC?

Os valores variam conforme a instituição na qual você tem conta. Cada banco pode definir o valor que será cobrado por cada transação. Normalmente, o DOC é mais acessível que a TED. Porém, com a chegada das fintechs, as TEDs e DOCs passaram a, em sua maioria, serem gratuitas.

Mesmo assim, muitos bancos ainda oferecem pacotes de tarifas mensais que incluem um número limitado de TEDs e DOCs. Excedendo esse número, o usuário começa a pagar pelas transferências para outros bancos.

TED ou DOC: Como escolher?

A escolha depende muito mais da quantia e prazo que você tem para transferir do que qualquer outra coisa. Se você tem urgência, TED. Se não possui tal celeridade, vá de DOC.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*